Elizaveta Bam

Elizaveta Bam _ o espaço como cenário e o público como cúmplice

Uma família é o retrato do drama “Elizaveta Bam”. O público é convidado a acompanhar de perto os conflitos e as angústias dessas pessoas. Aos poucos as fragilidades são expostas e as inter-relações familiares são colocadas em xeque. Nesse espetáculo a plateia se torna cúmplice dos acontecimentos e é convidada a entrar e caminhar pelo casarão da família. Os conflitos desenvolvidos a partir da relação dos filhos do casal – Petr e Elizaveta – recebem ainda a influência de Ivan, amigo dos filhos. Este triângulo explora o descobrimento e o amadurecimento de sentimentos como o amor e a perversidade. A montagem potencializa o uso do espaço em suas possibilidades arquitetônicas: haverá um percurso pela casa que será sugerido ao público. O espetáculo é uma criação coletiva a partir da obra do russo Daniil Charms e teve a colaboração de artistas como Edson Bueno, Luciana Schwinden e Nadja Naira.

Ficha Técnica

Criação coletiva a partir da obra de Daniil Charms
Elenco Diego Duda, Uyara Torrente e Cia Transitória
Concepção CênicNadja Naira
Direção de Atores Edson Bueno
Ocupação de Espaço Luciana Schwinden
Sonoplastia Rodrigo Lemos
Figurinos e Cenário Paulo Vinícius
Iluminação Wagner Corrêa
Fotografias Marco Novack
Direção de Produção Pablito Kucarz
Assistente de Produção Preto Galiotto
Operação de Luz Nina Rosa Sá
Operação de Som Rodrigo Lemos
Realização Teatro de Breque

*Prêmio Edital de Ocupação Teatro Novelas Curitibanas 2009

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: